OS PADRES NA GENEALOGIA DA FAMÍLIA

O PADRE ANTÓNIO DE BASTOS E “OS CHAPISCAS”

1. Domingos de Bastos, natural do lugar de Mosteiro, freguesia de São Pedro de Castelões, concelho de Vale de Cambra, Portugal, nasceu aproximadamente em 1590, e viria a casar com Apolónia de Bastos, a qual faleceu a 3 de Abril de 1650. Tiveram os seguintes filhos:

2. Maria de Bastos, nasceu a 21 de Março de 1606;
2. António de Bastos, que segue.

2. António de Bastos, natural de São Pedro de Castelões, concelho de Vale de Cambra, Portugal. Casou em 27 de Abril de 1633, com Domingas Fernandes. Faleceu a 12 de Novembro de 1651. Tiveram:

3. Padre António Bastos, que segue.
3. Miguel de Bastos, nasceu a 29 de Setembro de 1637

3. Padre António de Bastos, natural de São Pedro de Castelões, concelho de Vale de Cambra, Portugal, nasceu a 27 de Fevereiro de 1634. Em data a determinar, António teve um momento romanesco com a Maria Mateus, a qual nasceu a 25 de Agosto de 1626, natural do lugar de Folgorosa, São Pedro de Castelões, concelho de Vale de Cambra, Portugal, filha de Mateus Tomé e de Isabel Mateus, neta paterna de Gaspar Tomé e de Águeda João, e materna de Mateus Duarte e de Maria Gonçalves, todos naturais de São Pedro de Castelões, concelho de Vale de Cambra, Portugal. Deste momento romanesco, nasceu:

4. Joana de Bastos.

4. Joana de Bastos, casou a 6 de Fevereiro de 1676, com Manuel de Azevedo, o qual nasceu a 11 de Janeiro de 1651, filho de Manuel de Morim e de Maria Gonçalves, neta paterna de Jorge Gonçalves e de Maria de Azevedo, e neto pela parte materna de Manuel Gonçalves e de Catarina Jorge. Tiveram:

5. Manuel de Bastos.

5. Manuel de Bastos, nasceu a 8 de Janeiro de 1679, no lugar de Folgorosa, São Pedro de Castelões, concelho de Vale de Cambra, Portugal. Casou a 16 de Dezembro de 1704, com Catarina Ferreira, a qual nasceu a 17 de Abril de 1679, natural de São Pedro de Castelões, concelho de Vale de Cambra, Portugal, filha de Pascoal Ferreira e de Francisca Brandão, neta pela parte paterna de António Jorge e de Isabel Fernandes, e pela parte materna de Agostinho Tomé e de Joana Brandão, e bisneta, pela parte paterna, de Domingos João e de Ana Jorge, e Gonçalo Fernandes, filho de Domingos Fernandes e de Brites Gonçalves, e de Francisca Fernandes, filha de Simão Alves e de Maria João, e bisneta, pela parte materna, de Santos Tomé e de Isabel Henriques, e de João Brandão, filho de Cristóvão Gonçalves e de Maria Brandão, e de Isabel João, filha de João Gonçalves e de Isabel Fernandes. Tiveram os seguintes filhos:

6. Maria de Bastos, nasceu a 28 de Setembro de 1708.
6. Mateus de Bastos, nasceu a 10 de Março de 1712.
6. Catarina de Bastos, que segue.
6. Mónica de Bastos, nasceu a 11 de Janeiro de 1717

6. Catarina de Bastos, nasceu a 29 de Março de 1715 e faleceu com 72 anos, a 4 de Novembro de 1787. Casou, a 18 de Maio de 1733, com Manuel de Almeida, o qual nasceu a 9 de Maio de 1675, no lugar de Areias, freguesia de São Pedro de Castelões, concelho de Vale de Cambra, Portugal, filho de António Tavares e de Maria Vaz, neto, pela parte paterna, de António Fernandes, filho de Mateus Jorge e de Genebra João, e de Catarina Tavares, filha de Sebastião Dias e de Maria Tavares, e, pela parte materna, neto de João de Almeida Cabral, filho de Baltasar Marinho e de Joana de Almeida, e de Úrsula dos Santos, filha de Domingos Gonçalves e de Maria Vaz. Manuel de Almeida é sobrinho de Manuel de Almeida Cabral, Doutor em Cânones, Reservatário de Salvador de Dornelas, Familiar do Santo Ofício, e de Matias de Almeida Cabral, também Familiar do Santo Ofício. Tiveram os seguintes dois filhos de que se tem conhecimento:

7. Manuel José de Bastos, nasceu a 7 de Abril de 1734, no lugar de Areias, São Pedro de Castelões, concelho de Vale de Cambra, Portugal. Casou com Mariana Teresa Gomes, natural de Cucujães, filha de Manuel da Costa e de Joana da Costa. Tiveram:

8. João José de Almeida Bastos, casou, a 26 de Maio de 1804, com Margarida Miquelina, a qual nasceu a 11 de Novembro de 1775, filha de António Moreira da Silva e de Maria Alves Moreira, na Sé da Cidade do Porto. Tiveram:

9. António Bastos, nasceu a 15 de Outubro de 1805, na freguesia da Sé, Porto.
9. Ana Emília, que segue.

7. Isabel de Almeida, nasceu a 10 de Maio de 1737, no lugar de Areias, São Pedro de Castelões, concelho de Vale de Cambra, Portugal. A desenvolver num outro ponto.

9. Ana Emília, nasceu a 15 de Julho de 1808, na freguesia da Sé, Porto e viria as casar com Manuel Marques, nascido a 26 de Abril de 1795, filho de Dionísio Marques e de Quitéria Gomes, neto, pela parte paterna, de António Marques e de Mariana Luís, naturais do lugar de Casaldelo, São João da Madeira, e, pela parte materna, de Gabriel Gomes da Silva e de Joana Francisca, naturais de Cucujães. Tiveram:

10. Maria Carolina, nasceu a 14 de Junho de 1837.
10. Maria Emília da Conceição, que segue.
10. Manuel Marques, nasceu a 6 de Janeiro de 1841.

10. Maria Emília da Conceição, nasceu a 18 de Abril de 1839, no lugar de Vila Nova, freguesia de Cucujães. Casou a 15 de Junho de 1865, com Manuel José Luís, o qual nasceu a 28 de Maio de 1843, no lugar de Vila Nova, freguesia de Cucujães, filho de Bento José Luís e de Agostinha Rosa, naturais de Vila Nova, freguesia de Cucujães, neto pela parte paterna de Manuel Luís e de Josefa da Silva, naturais no lugar do Fojo, freguesia de Cucujães, e, pela parte materna, de Maria Oliveira. Tiveram:

11. António José Luís, nasceu a 7 de Outubro de 1865;
11. Domingos José Luís, nasceu a 10 de Setembro de 1867;
11. Manuel José Luís, nasceu a 14 de Outubro de 1869;
11. Alexandre José Luís, que segue.

11. Alexandre José Luís, nasceu a 22 de Novembro de 1871, no lugar de São Martinho, freguesia de Cucujães, concelho de Oliveira de Azeméis. Casou a 1 de Janeiro de 1892, com Deolinda Augusta, a qual nasceu a 3 de Dezembro de 1874, no lugar de Casal Novo, Cucujães, filha de José Filipe, natural do lugar de Muelos, Cavernães, Viseu, e de Ana Maria, do lugar de Casal Novo, Cucujães, neto, pela parte paterna de Filipe de Loureiro, e de Josefa Pinheiro, e neto, pela parte materna, de Domingos Ferreira e Margarida Maria de Jesus. Tiveram:

12. Maria Augusta das Dores, nasceu a 27 de Setembro de 1893;
12. Aurora Augusta das Dores, nasceu a 23 de Setembro de 1895;
12. Conceição Augusta das Dores, nasceu a 8 de Dezembro de 1898, no lugar de Casaldelo, freguesia de São João da Madeira. Casou a 11 de Janeiro de 1930, com José da Costa, “chapisca”, nascido a 8 de Dezembro de 1898, no lugar de Casaldelo, freguesia de São João da Madeira, filho de Manuel da Costa Júnior e de Joaquina Maria de Jesus, naturais e moradores no lugar de Casaldelo, freguesia de São João da Madeira, neto, pela parte paterna de, Manuel da Costa, natural de Cavernães, Viseu, e de Joaquina Margarida, natural do lugar de Casaldelo, freguesia de São João da Madeira, e neto, pela parte materna, de Manuel Ferreira de Azevedo, natural do lugar das Fontainhas, freguesia de São João da Madeira, e de Maria Joaquina de Jesus, natural do lugar de Casaldelo, freguesia de São João da Madeira.
12. Preciosa Augusta das Dores, nasceu a 15 de Novembro de 1900, no lugar de Casaldelo, freguesia de São João da Madeira. Casou a 9 de Dezembro de 1922, com o cunhado Serafim da Costa, outro “chapisca”, nascido a 14 de Janeiro de 1899.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.