Tag Archives: Motas

Descendência de Gonçalo Lopes

O presente desenvolvimento do prometido na anterior publicação, com o nome de ”Os Motas”  tem obrigatoriamente de ser acompanhado do excelente trabalho intitulado “A Torre de Cesar Descendência de Sebastião Lopes Godinho, Senhor da Honra de Cesar e de Gaiate”, da autoria de Arlindo da Silva Pinho Martins e de Luís Miguel da Silva Pinho, edição do “Instituto de Genealogia e Heráldica da Universidade Lusófona do Porto”, com prefácio de Fernando Pinto do Amaral, e introdução de M. Antonino Fernandes. Esta obra é de leitura obrigatória para quem deseja estudar a descendência de Sebastião Lopes Godinho.

Aqui iremos mencionar a descendência de Gonçalo Lopes, pai de Sebastião Lopes Godinho até ao seu pentaneto Marcelino de Almeida, que apesar de ter falecido solteiro, deixou descendência que aqui desenvolvemos até Silvino Soares.

Passamos a transcrever, da supra referida obra, o seguinte destaque introdutório: 

“Importa salientar, à guisa de conclusão:

1- A quinta da Torre de Cesar foi a sede de uma honra medieval;

2- O casal de Gaiate, de acordo com as inquirições de 1288, detinha alguns privilégios, mas nunca aparece designado por honra; entre 1353 e 1441 encontra-se documentado o pagamento de direitos ao Mosteiro de S. Pedro de Pedroso.

3- Sebastião Lopes Godinho foi senhor da honra de Cesar e do casal de Gaiate, daí intitular-se senhor de Cesar e de Gaiate;

4- Eva Machada e seu marido Gaspar Leitão Coelho receberam de herança o casal de Gaiate, onde foram residentes e vieram a falecer, respectivamente a 28-9-1613 e a 21-11-1598, como consta dos paroquiais de Milheirós de Poiares;

5- O casal de Gaiate foi vendido por Sebastião de Carvalho e Melo, a 20 de Setembro de 1674, a António de Magalhães de Meneses, Morg. do Covo, transitando com o negócio o tratamento de senhores do casal de Gaiate, e não qualquer outro;

6- A quinta da Torre, bem como a dignidade de senhores de Cesar, continuou na descendência de Sebastião Lopes Godinho, tendo-lhe sucedido sua neta, Maria Pereira Godinho.”

…ooOoo…

I –  Gonçalo Lopes e Filipa Mendes nasceram por volta de 1478, em Cesar, Oliveira de Azeméis,  senhores da quinta da Torre de Cesar. 

Tiveram os seguintes filhos:

1(II) Sebastião Lopes Godinho, que segue:  

2(II) Joana Lopes. Continuar a ler

Os Motas

I    – Gaspar Gonçalves, nasceu por volta de 1646, no lugar de São Mamede, Guisande, Santa Maria da Feira, e faleceu a 22 de Abril de 1702, no lugar da Barrosa, Guisande. Casou com Ana Fernandes,  nascida também por volta de 1646, no lugar de São Mamede, Guisande, Santa Maria da Feira, e faleceu a 16 de Novembro de 1693, no lugar da Barrosa, Guisande.  Ana Fernandes fez testamento verbal, o qual passo a transcrever na sua totalidade:

Ana Fernandes mulher de Gaspar Gonçalves, do lugar da Barrosa, faleceu aos dezasseis dias do mês de novembro de mil seiscentos e noventa e três. Fez testamento verbal e nele dispôs que deixava a seu filho Manoel, solteiro, os seus bens móveis e de raiz com a obrigação dele satisfazer aos mais filhos em dinheiro e de lhe fazer três ofícios cada um de sete padres E que deixava o terço dos frutos das terras que possuía a seu marido Gaspar Gonçalves enquanto fosse vivo e que deixava para miss

Continuar a ler